Seja Bem Vindo(a) à BabyModa Brasil

Dicas de Compras

Surgem muitas dúvidas no momento de escolher entre estilos, cores, tecidos, formas e detalhes, um mais lindo que o outro!

Como escolher e saber se já temos a quantidade e os tipos de roupas indicadas para nosso bebê?

Para auxiliar mamães, parentes e amigos que irão presentear bebês, consultamos alguns especialistas, pediatras e mamães experientes, e separamos algumas sugestões interessantes que serão exibidas nessa seção.

Inicialmente, é importante lembrar que é recomendado passar a roupa do bebê para eliminar o máximo de germes e bactérias possíveis... e isso dá muito trabalho pois se trocam muitas roupas. A boa notícia, é que a secagem em máquina através de aquecimento (secadoras ou máquinas lava e seca) também elimina as bactérias, poupando muito trabalho e tempo, coisa que a mamãe normalmente não dispõe. Para esse caso, é recomendado utilizar um tamanho maior de roupa, pois normalmente elas encolhem na secagem.

Outro ponto importante a considerar é o tamanho do bebê, já que os tamanhos de roupas são apenas para referência, e o tamanho utilizado por bebês do mesmo período podem variar de acordo com a altura e peso dos bebês. Veja aqui a tabela de tamanhos de roupas importadas e nacionais.

Por fim, é fundamental observar o clima para escolher o tipo de tecido mais apropriado e ter o guarda roupa com boas opções. Por isso, evite montar todo o enxoval antes da chegada do bebê. É muito comum perder roupas por ter para épocas erradas. Ter roupas para os próximos 3 meses é o suficiente para planejar com calma e manter as roupas na tendência da moda.

É muito comum as mamães e papais comprarem roupas muito baratas, com a intenção de economizar no enxoval, mas fazendo isso, normalmente se perde dinheiro. Roupas de maior qualidade possuem malhas melhores, que suportam mais o crescimento do bebê, podendo ser utilizadas por mais tempo. Também são mais duráveis e resistem a diversas lavagens sem desbotar e rasgar, permanecendo em perfeitas condições, dando sempre a aparência de roupa nova. Com isso, os pais economizam comprando um número menor de roupas e que são utilizadas por mais tempo.

Na BabyModa, você encontrará qualidade, conforto, e looks super transados para deixar seu bebê ainda mais lindo e estiloso.

Clique abaixo nas faixas de idade para ver sugestões mais detalhadas:

 

0 - 3 meses

Os três primeiros meses são os mais delicados do bebê, pois sua pele é muito fina, descamam e se irritam com facilidade. Tudo é novo e ainda estão se adaptando à vida sem a proteção de estar dentro da barriga da mamãe. Os bebês são incapazes de regular a temperatura do corpo, como nós adultos, e dessa forma ficamos muito preocupados em mantê-los quentinhos a todo instante. Se você pensa dessa forma fique tranquila(o), pois você não está sozinha(o).

As mãos e os pés geralmente ficam mais frios, e isso não é necessariamente um sinal de que o bebê está com frio. Uma ótima maneira de “calcularmos” a quantidade de roupa ideal, é vestir o bebê com 1 camada de roupa a mais do que nós, adultos, estamos vestindo.

Atenção a alguns sinais que podem indicar frio ou calor demasiado nos bebês. Soluços, espirros e pele com pequenas bolinhas mais claras normalmente são causadas por frio. Já vermelhidão e erupções (manchas vermelhas) na pele normalmente são causadas por calor.

Nesta fase as roupinhas devem ser mais largas, simples, sem golas apertadas, sem enfeites que podem se soltar, sem capuz, sem botões nas costas (por permanecer deitado a maior parte do tempo) e sem etiquetas em contato com a pele. Procure utilizar roupas fáceis de vestir para não machuca-los ou irritá-los na hora de troca de fraldas e roupas. Indicamos botões de pressão (sem níquel) e zíper, desde que haja proteção do fecho do zíper.

Tecidos sintéticos impedem a respiração da pele. Já malhas de algodão (cotton) são mais leves, confortáveis e permitem que a pele respire melhor. Evite tecidos felpudos e lãs, pois soltam fiapos. Para dias de maior frio e saída de casa, abuse de toucas, mantas e sapatinhos.

Disponibilizamos algumas sugestões de itens para ter no guarda-roupa do bebê.

Roupas de 0-3 meses – Calor:

  • 4 Bodies de manga longa
  • 6 Bodies de manga curta
  • 6 Macacões
  • 6 Calças
  • 3 Vestidos para meninas
  • 3 conjuntos de shorts/bermudas e camisetas para meninos
  • 1 Casaquinhos ou Blusa de moleton
  • 6 Pares de meias
  • 2 Pares de luvinhas sem divisão de dedos
  • 1 Toucas
  • 2 Mantas
  • 2 Cueiro
  • 3 Toalhas
  • 8 Panos de boca ou fralda de pano
  • 6 Babadores

Roupas de 0-3 meses – Frio:

  • 6 Bodies de manga longa
  • 4 Bodies de manga curta
  • 6 Macacões
  • 6 Calças moleton
  • 3 Casaquinhos ou Blusas de moleton
  • 6 Pares de meias
  • 2 Pares de luvinhas sem divisão de dedos
  • 2 Toucas
  • 2 Mantas
  • 2 Cueiro
  • 3 Toalhas
  • 8 Panos de boca ou fralda de pano
  • 6 Babadores

Para presentear bebês nessa fase, recomendamos alguns itens:

  • Macacões
  • Conjuntos (Calça/Body/Blusa)

OBS:

  • As quantidades de roupas podem ser alteradas de acordo com a frequência de lavagem.
  • Para meia estação, fazer a média entre calor e frio.

3 - 6 meses

Nesta fase, o bebê precisa de roupas confortáveis, práticas e fáceis de vestir, pois os bebês já se movimentam bastante e precisa de liberdade para isso. O tipo de tecido indicado ainda é 100% algodão (cotton).

Queremos ver sempre nossos filhos lindos e enfeitados, mas preste muita atenção nas roupas que compramos e ganhamos, pois algumas roupas podem ser lindas, mas não confortáveis, o que pode deixar o bebê irritado. Observe acabamento das costuras, bordados e apliques. Se forem de baixa qualidade, além do desconforto, há maiores chances de alergias e irritações na pele do bebê, e ainda podem soltar da roupa e serem levados à boca do bebê, uma das coisas mais temidas pelas mamães. Fechos, botões e detalhes em excesso incomodam o bebê e atrapalham os pais e cuidadores com a frequente troca de fraldas e de roupas.

As cores também são importantes. Peças de cores claras são as mais recomendadas para uso ao ar livre, principalmente em dias de sol, porque cores escuras absorvem mais luz e, portanto, são mais quentes.

Como nesta fase o crescimento é rápido, recomendamos alguns itens que não podem faltar no guarda roupas dos pequenos.

Roupas de 3-6 meses – Calor:

  • 4 Bodies de manga longa
  • 6 Bodies de manga curta
  • 5 Macacões
  • 2 Macacões curtos
  • 6 Calças
  • 1 Calça Jeans ou Legging
  • 5 Vestidos para meninas
  • 4 conjuntos de shorts/bermudas e camisetas para meninos
  • 1 Casaquinho ou Blusa de moleton
  • 6 Pares de meias
  • 2 Pares de luvinhas sem divisão de dedos
  • 1 Toucas
  • 2 Mantas
  • 2 Cueiro
  • 3 Toalhas
  • 8 Panos de boca ou fralda de pano
  • 6 Babadores

Roupas de 3-6 meses – Frio:

  • 6 Bodies de manga longa
  • 4 Bodies de manga curta
  • 6 Macacões
  • 6 Calças
  • 2 Calça Jeans ou Legging
  • 4 Conjuntos
  • 3 Casaquinhos ou moletons
  • 6 Pares de meias
  • 2 Pares de luvinhas sem divisão de dedos
  • 2 Toucas
  • 2 Mantas
  • 2 Cueiro
  • 3 Toalhas
  • 8 Panos de boca ou fralda de pano
  • 6 Babadores

Para presentear bebês nessa fase, recomendamos alguns itens:

  • Macacões
  • Conjuntos (Calça/Body/Blusa)
  • Vestidinhos para meninas

OBS:

  • As quantidades de roupas podem ser alteradas de acordo com a frequência de lavagem.
  • Para meia estação, fazer a média entre calor e frio.

 

6 - 12 meses

É nesse período que o bebê começa a se sentar, engatinhar e até a andar. Eles necessitam de movimento e roupas leves, práticas e confortáveis. Invista em muitos bodies e calças para não machucar seus joelhinhos ao engatinhar.

É importante sempre proteger as costinhas, barrigas e joelhos do bebe. A qualidade e durabilidade das roupas nesta fase também são muito importantes. Botões devem ser bem presos, pois detalhes atraem a atenção dos bebês e eles farão de tudo para levar até a boca.

Normalmente os macacões são substituídos por conjuntos mais atrativos, mas muitas mamães não abrem mão da praticidade do macacão. Isso é muito pessoal. Os conjuntos formam looks bacanas e descolados, além de ser bem confortáveis. Conjuntos de duas peças e calças sem pé, além dos vestidos, geralmente são usados por mais tempo do que as calças de pé e macacões, que ficam logo com o gancho curto.

Para meninas, recomendamos abusar das calças leggings, inclusive as que imitam jeans, pois combinam com qualquer body e blusinha. Vestidos e batinhas também são muito usuais.

Para um look descolado para os meninos, já começam a utilizar calças de sarja e bermudas, que combinam com bodies, camisas, camisetas e polos.

Próximo aos 12 meses, muitos bebês começam a dar os primeiros passos. Recomendamos o uso de sapatinhos flexíveis e meias com silicone na sola, para dar mais aderência e segurança para o bebê.

No passeio sempre leve três trocas de roupas. Os conjuntinhos de duas e três peças são uma ótima pedida, além de um agasalho adicional.

Os tamanhos e quantidades das peças necessárias variam conforme o biotipo da criança e o estilo que elas irão vestir, por isso não apresentaremos lista de itens essenciais.

 

12 - 24 meses

A partir do primeiro aninho, tudo é uma descoberta e novo para os bebês. Aprendem a andar, subir, descer, escalar cadeiras e sofás, etc. Nessa época, o uso de meias antiderrapantes garante mais conforto e segurança. As roupinhas devem ser simples, práticas de vestir e ao mesmo tempo resistentes às frequentes lavagens, além de fáceis de passar.

Entre as peças que não podem faltar no guarda-roupa estão os conjuntinhos de duas peças, camisetas, jeans macios e sarja, casacos, polos, vestidos, shorts, saias, e demais peças confortáveis que combinem entre si, confeccionadas em tecidos de boa qualidade e bom acabamento. Afinal, nessa fase as crianças já não perdem roupa com tanta facilidade. Uma dica é ter peças de cores lisas para alternar e combinar com os estampados. Shorts, saias brancas ou jeans, por exemplo, podem ser usados com vários tipos de blusas e batas.

Roupas sem muitos enfeites, confortáveis e seguras não são sinônimas de roupas feias e sem graça. Tanto é que é possível encontrar peças que reúnem todas essas características e ainda por cima são transadas, com cores alegres e divertidas para deixar o bebê ainda mais fashion.